Treze Exercícios Pra Malhar Sem Sair de casa

Treze Exercícios Para Malhar Sem Sair de casa


Essa é a tua oportunidade de ter o organismo que a todo o momento sonhou com alguns exercícios fáceis de fazer e que são perfeitos para quem necessita otimizar o seu tempo. Tem dúvidas de que isso é possível com bons resultados? Continue olhando e descubra quais são esses 13 exercícios. Os exercícios abaixo são capazes de ser feitos usando cadeiras que você tem em sua moradia. Pra fazer este exercício você tem que esticar os braços flexionados para trás e apoiar as palmas das mãos fazendo o movimento de agachar e subir outra vez sem encostar o bumbum no chão.


Um exercício que fortalece os glúteos, as coxas, as panturrilhas e os braços. Faça duas séries de quinze repetições. O nome do exercício já diz tudo, você tem que fazer o movimento de sentar e erguer da cadeira com a região abdominal devidamente contraída. Para que que o exercício seja mais efetivo mantenha os braços esticados para o alto com leve angulação.



Este exercício trabalha bem a região abdominal. Faça 3 séries de 10 repetições. O exercício abaixo busca ter pesos em moradia. Para malhar os seus braços em residência, você terá que continuar em pé com os pés ligeiramente afastados. Por esse exercício você terá que estar com um peso de um kg em cada mão, comece com seus braços retos colados ao organismo.


Com as mãos voltadas pra ti e segurando os pesos, levante-as devagar até vir próximo ao tronco. Regresse a posição inicial. Faça duas séries de 15 repetições. Um clássico, dentre os exercícios pra malhar sem sair de casa, o abdominal busca um colchonete. Comece deitando com a tua coluna reta, flexione os seus joelhos e continue os seus pés retos sob o colchonete. Seus braços devem estar atrás da cabeça.


Faça o movimento de contração do abdômen. Faça 3 séries de 10 repetições. Este exercício também demanda ter um colchonete, e além de amparar a conservar a bacana maneira bem como colabora a impossibilitar dores nas costas. Deite de costas no colchonete e dobre as pernas sobre o seu peito de maneira que possa abraçar as coxas. Permaneça nessa posição por meio minuto e depois retorne a posição de organismo reto.


Faça duas séries com 5 repetições cada. Parece uma brincadeira infantil? Que, entenda que pular corda é um exercício fantástica para queima de calorias. Todavia, atenção se você estiver vários quilos acima do peso tenha cuidado para não machucar o seu joelho com a prática. Faça três séries com quinze pulos. Se você tem uma escada a tua persistência agora podes malhar sem sair de dentro de casa. A dica é subir e descer essa escada diversas vezes construindo em vista disso um sistema de repetição em que os músculos da sua coxa e dos glúteos são devidamente trabalhados. O exercício poderá ser feito com numerosas subidas e descidas, o total de vezes que você irá reiterar esse exercício depende do tamanho da tua escada.


Um fantástico acessório para malhar sem sair da residência é uma bola pra ginástica. Saiba que vale o investimento por causa de ela permite que você trabalhe numerosas partes do seu organismo, uma peça maleável. Você precisará deitar de costas no chão com as suas mãos esticadas lateralmente ao corpo e os pés apoiados sob a bola. Você vai ter que deste modo levantar o seu quadril do chão e puxando a bola pra mais perto do seu quadril. Faça 3 séries de 10 repetições desse exercício. Trata-se de uma modificação do exercício de abdominal convencional, desse jeito você vai ter que apoiar as tuas costas e a lombar pela bola, as suas pernas deverão formar um ângulo de 90° em relação ao chão. As suas mãos precisam estar posicionadas na cabeça e desse modo você vai ter que fazer a contração dos músculos do abdômen. Faça 3 séries de 10 repetições.


Com a doença do pai em estágio terminal e um fora do namorado, Abby decidiu alterar. Aos poucos, conseguiu atravessar a se alimentar melhor com o acompanhamento de um nutricionista e incluiu os exercícios na rotina. No decorrer de três anos, mudou o organismo e sua visão sobre o assunto si mesma. Visualize todo o processo de transformação de Abby Pollock . Qualquer um pesquisa uma motivação pra se conservar firme pela dieta e nos exercícios.


Pra alguns, se pesar sempre poderá ser uma ideia. Prontamente pra norte-americana Justine McCabe, a força extra para não desistir pelo meio do caminho veio das selfies. Após utilizar a comida como vávula de escape pra problemas e perguntas emocionais e voltar a pesar 142 kg, o costume de tirar imagens de si mesma a ajudou a alterar o corpo humano e a mente. A primeira selfie foi tirada em abril de 2015 para provar pras amigas que ela de fato estava pela academia. No dia seguinte, voltou ao ambiente pra mais exercícios e tirou mais uma selfie. E assim sendo continuou, com uma imagem por dia.


Em um ano, ela conseguiu eliminar cinquenta e seis kg e chegou ao peso que considerava melhor. A história foi destaque no programa de Tv americano "Today" em janeiro nesse ano. Clique por aqui e visualize todos os detalhes da modificação de Justine . Por um tempo, a americana Shandra Redwine diz que não pensava em perder peso e não se importava com os ponteiros da balança indicando que ela estava obesa.


Ela tinha um namorado ótimo - com quem acabou se casando -, vivia rodeada de amigos e estava bem. Mas, aos poucos o excesso de peso começou a prejudicar. Ela não cabia em cadeiras e também começou a ouvir comentários maldosos. Era o instante de procurar uma saída. Shandra se matriculou pela academia e fez uma possibilidade a si mesma de fazer exercícios por, pelo menos vinte e um dias seguidos.


Assim como mudou os hábitos alimentares e, em nove meses, perdeu mais de trinta kg. Continuou emagrecendo e, para mostrar a melhoria, postou um "antes e depois" expondo como o vestido de casamento estava largo nesta ocasião. Ela compartilhou a história no começo de dezembro e em teu blog e o relato foi sucesso de audiência no Delas. Reveja como Shandra conquistou a interessante maneira clicando nesse lugar . Para abrir o pódio do Delas por esse ano, a história de Ashley Fumagalli, bem como dos EUA, e como os filhos a ajudaram a procurar uma transformação. No auge do sobrepeso, ela lembra que não conseguia brincar alguns instantes com os filhos sem perder o fôlego.



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *